O Porque Estudar a Nossa Religião

01/01/2013 21:38

 

O Porque Estudar a Nossa Religião

Muitas pessoas perguntaram à mim ao longo destes 07 anos de existência do terreiro, o porque estudar a religião, sendo que nossa religião é mediúnica, magística por excelência e “ as entidades ensinam o que nós precisamos saber”?
Percebo ainda, muitas pessoas criticando aos muitos Irmãos que ministram cursos presenciais sobre a nossa religião, inclusive a mim,porque estamos “ desvirtuando” o real sentido da nossa religião, que é o contato com o espiritual, com as entidades, com os mentores, etc....
Depois de muito pensar em o porque destas criticas, cheguei a seguinte conclusão: Estas pessoas que criticam, estão criticando sem conhecer a real mudança que ocorre em todos os estudantes da religião. O quão importante é para todos os estudantes dos estudos teológicos livres, saber que todos os “segredos” que os supostos “pais de santo” tanto escondem de seus seguidores são uma forma de serem respeitados pelo medo imposto pela ignorância, fazendo que os seus “fiéis” sejam fiéis ao medo e ao receio de serem perseguidos pelos “espíritos”, pelos seus “orixás”, pelos seus “exús”,(isso mesmo, entre aspas, pois os espíritos luzeiros citados anteriormente, não ameaçam nem punem ninguém ao bel prazer de encarnados, que ao pedirem este tipo de coisa aos espíritos, estão infringindo a maior das leis do universo, a LEI MAIOR que a imposição dela cabe, única e exclusivamente aos agentes e portadores naturais destas qualidades de nosso PAI OLORUM) etc... de servirem ao suposto “Pai de Santo”, por medo deste fazer alguma amarração para as coisas profissionais, pessoais e amorosas daquele seu seguidor.
Quando os estudantes entendem que tanto DEUS, quanto os Sagrados Orixás são apenas amor, que todos estão juntos para o bem da humanidade como um todo, que nós,como Umbandistas, somos agentes naturais e que a Umbanda é baseada na ciência Divina e parte dela pode ser comprovada cientificamente, e a outra parte que não pode ser comprovada, não pode porque a nossa ciência terrena ainda não evoluiu o suficiente para provar, deixando o campo das suposições, atingindo diretamente a estes supostos “pais de santo”, não permitindo mais que seus seguidores sejam ameaçados por este ou aquele ser humano que fala sem o devido conhecimento e usa do “suposto poder” concedido a ele por alguém, que não se sabe quem, e que dá o direito de ser algoz de alguém apenas pelo vil metal.
Eu pergunto aos meus irmãos que já formaram-se nos estudos de teologia de Umbanda Sagrada, será que estes supostos “Pais de Santo” que criticam a mim e aos nossos irmãos que ministram os cursos de teologia nos criticam porque eles deixarão de ter “clientes” fiéis?
É a única conclusão que eu consigo chegar, após 24 anos de Umbanda, muitos dos quais fui um desses enganados, até conhecer a Umbanda Sagrada e entender no mais profundo de meu ser, que DEUS é benevolência pura e que os Sagrados Orixás, são as Bençãos de DEUS para nós, seus filhos humanos encarnados e herdeiros diretos.
Pensem um pouco irmãos antes de criticar os Mestres da Luz que instituíram o estudo teológico livre da Umbanda Sagrada, pois nenhum espirito humano estaria preparado e teria tanta imaginação para desmistificar com tanta minúcia de detalhes, uma religião nascente. Nenhum espirito humano encarnado estaria preparado para arregimentar tantos irmãos perdidos na ignorância, com sede de conhecimento e com tanta assertividade. Nenhum espirito humano encarnado poderia criar termos técnicos e científicos tão precisos e possíveis de comprovação matemática e histórica, sem ser considerado um louco e alucinado.
E tem mais, qualquer Sacerdote, de qualquer religião, estuda no mínimo 07 anos de sua vida, para poder defender o que acredita e deixar seus “combatentes” sem argumentos, o porque nós, Umbandistas, seríamos diferentes.

Saia da ignorância, deixe de ter medo dos espíritos, estude a sua religião.

Pai Fabio Marques
Sacerdote Umbandista
Eterno Aprendiz de Umbanda