RECONCILIAÇÃO, O REAL SENTIDO DO PERDÃO

16/02/2018 01:20

        Quando erramos, erramos porque, ou estamos perdidos, ou estamos cegos pelo orgulho, pela vaidade, pelo sentimento de superioridade, pela FAMA, por se achar acima do bem e do mal, pela prepotência, pelo despreparo, pelo desprezo à opinião alheia, por acatar a opinião alheia, etc... em resumo, por sermos humanos.  Nos falta a humildade de perceber que estamos errando. Isso acontece muito, principalmente com as pessoas que lidam com pessoas, ou seja, 99,9% das pessoas.

        E como sempre, erramos, temos que pagar.

        Muitas vezes a pessoa se perde na “paga” e acabam por cometer mais erros e acumulando mais pagas, mais dividas.

        Mas existem algumas pessoas que, durante a paga, "se fecham", se reservam, se afastam, refletem, procuram entender o que está acontecendo, procuram os motivos reias dos desalentos da vida, dos desafetos, das brigas, das discussões e, após uma reforma íntima profunda que, pode até levar anos, realmente ele se transforma e resolve pedir perdão à todos que ele, por todos os vícios acima citados,  feriu, magoou, entristeceu ou marcou de uma forma negativa.

        Após a sua reforma intima, percebe que aquelas pessoas, independente de qualquer coisa, dos motivos que o levaram a fazer aquilo, mesmo que fossem, à epoca, julgadores sem conhecimento de causa, não mereciam o sofrimento que a pessoa os fez passar,  e sente a necessidade de pedir Perdão pelo que ele causou.

        PEDIR PERDÃO, o perdão sincero,  é SINAL DE FORTALEZA MORAL.  É reconhecer que errou, é querer mudar, querer seguir sem deixar vínculos negativos. É transformar o negativo em positivo.  É Crescer como ser humano e como Ser Espiritual.

        Quando pedimos perdão,  devemos pedir por termos mudado, por termos nos arrependido dos nossos erros e para que não erremos os mesmos erros. Talvez cometamos novos erros, pois somos humanos, e ningém é perfeito, mas não os mesmos erros.

        Quando vamos perdoar alguém, este perdão tem que ser de coração, não pode ser uma aceitação do pedido de perdão condicionada a uma prova de melhora, isso não é perdão, é desculpas apenas.

        Como diz a ÚNICA oração que Jesus Ensinou: ““.... perdoai as nossas dividas(ofensas), assim como nós perdoamos os nossos devedores( a quem nos tem ofendido)...””

        Mas pedir perdão e perdoar só terá sentido se for de alma e coração, senão, não tem sentido algum.  Será apenas um pedido de desculpas, com uma palavra um pouco menor. A mesma coisa a pessoa que reza o “Pai Nosso” sem sentir nada, apenas por obrigação, porque alguém mandou. Estará apenas falando uma serie de frases sem sentido, não vai movimentar energia nenhuma. Esta oração nunca chegará ao destinatario, DEUS, pois não é sincera, não é feita de alma, não é de coração.

        Esta oração é a nossa reconciliação diária com DEUS. Pedimos à ELE, diariamente, perdão pelos nossos erros, nos reconciliamos com ELE diariamente, porque não perdoamos sinceramente os nossos irmãos, nossos amigos, nossos parentes, a pessoa amada, até mesmo, os desconhecidos, independente do julgamento de certo e errado?

        RECONCILIEMO-NOS com nossos desafetos, com os nossos irmãos, com os nossos amigos, com os nossos parentes, com a pessoa amada. Mostremos fortaleza moral, mostremos que CRESCEMOS, perdoemos com amor, respeito, integridade, sabendo que aquele irmão errou pois é humano e finalmente, reconciliemo-nos conosco, com nosso ser imortal que chora muito quando temos desafetos e arrastamos sentimentos negativos.

        PERDOEMO-NOS, TODOS, E SEJAMOS NOVAMENTE FELIZES.

        Muito Axé  à todos e que ZAMBI abençoe o coração e alma de todos.